Paraty - Versão em português Paraty - English version
Baixe o Aplicativo de Paraty

PARATY TURISMO E ECOLOGIA

Festival Aves de Paraty 2016

De 15 a 17 de setembro de 2016
Festival Aves de Paraty 2016

Evento realizado pela Associação Cairuçu, com apoio da SOS Mata Atlântica, promove a educação ambiental e o turismo de observação de aves.
 
Criado em 2012, o projeto Aves de Paraty da Associação Cairuçu tem como objetivo sensibilizar a população, empresários e gestores públicos para a importância das aves livres e do turismo de observação de aves em Paraty. Por meio de ações de educação ambiental em escolas e nos CEICs - Centros de Educação Integral Cairuçu, as crianças aprendem a reconhecer e valorizar a avifauna da Mata Atlântica. Em paralelo, trabalhos coordenados com os gestores públicos e ações de formação para o birdwatching complementam o projeto na construção de uma cidade observadora de aves que, num futuro breve, será capaz de unir essa riqueza natural com o desenvolvimento cultural, social e econômico. O resultado mais significativo do projeto é o Festival Aves de Paraty | FAP, que chega à sua 4ª edição incorporado ao calendário anual de eventos da cidade.

A primeira edição do Festival Aves de Paraty aconteceu em 2013 no Museu Forte Defensor Perpétuo e trouxe para a cidade, pela primeira vez, os grandes nomes da observação de aves do país. Em 2014, o 2º Festival Aves de Paraty foi realizado na estrada Paraty-Cunha e repetiu o sucesso da primeira edição. Em 2015, o Festival teve caráter internacional e realizou o Festival Sul-americano de Observadres de Aves, abordando os aspectos da observação de aves na dimensão da América do Sul. Foi um importante reconhecimento do projeto Aves de Paraty! Em cada um dos anos foi lançado um guia de identificação (Guia Aves de Paraty 1,2 e 3) contendo 242 espécies das 458 aves conhecidas em Paraty.

Conquistas dos festivais aves de Paraty:

6.000 visitantes
1.400 crianças participantes das atividades educativas
24 especialistas brasileiros
1 especialista argentino convidado
19 palestras
22 atividades educativas
3 workshops sobre Infraestrutura do turismo de observação de aves (parceria sebrae)
12 saídas para observação de aves
 
A ave símbolo do Festival Aves de Paraty será o Formigueiro-de-cabeça-negra (Formicivora erythronotos), um simpático passarinho que por muito tempo foi considerada uma das aves mais misteriosas do planeta, pois permaneceu por mais de 100 anos sem ser encontrada na natureza, até ser redescoberta em 1987 aqui na região! Devido ao desmatamento e à expansão urbana essa espécie está criticamente ameaçada de extinção. Embora a raridade do formigueiro atraia para cá observadores de aves do mundo inteiro, ele é ainda desconhecido por grande parte de seus conterrâneos.
 
Confira a programação completa com destaques para a Exposição Beleza Ameaçada, de Tony Genérico e patrocínio da ARTSHOT; a mesa “Aves de Paraty` no Paraty em Foco | Casa do PEF - Casa da Cultura; palestras com os especialistas Guto Carvalho, Luciano Lima, Marco Antonio Melo e  Marco Aurélio Galvão da Silva; as atividades educacionais para crianças e jovens;  as oficinas sobre observação e anilhamento de aves; e o lançamento anual do Guia Aves de Paraty, com fotos de Renato Rizzaro e Irmãos Mello. 

O Festivas Aves de Paraty 2016 acontecerá no Museu do Forte, no Centro Histórico e na Fazenda Bananal (antiga Fazenda Murycana).

PROGRAMAÇÃO  (sujeita a alterações)

5ªfeira, 15/9/2016

8h - 17h - Recepção das Escolas em atividades de Educação Ambiental | Museu do Forte - agendamento de escolas até 10.09, bete.ambiental@cairucu.org.br, (24)99862-4189 e 8128-9209

10h30 - Mesa ‘Aves de Paraty` no Paraty em Foco | Casa do PEF - Casa da Cultura (aberta ao público)
Daniel Cywinski, Guto Carvalho, João Quental e João Marcos Rosa
 
14h - 16h - Oficina | Museu do Forte (inscrições no local - vagas limitadas)
"Introdução à observação de aves", Luciano Lima

16h  - Observação de Aves no Mangue Terra Nova (inscrições no local - participação gratuita)


6ªfeira, 16/9/2016

8h - Observação de Aves na Fazenda Bananal (inscrições no Festival até 15.09 - vagas limitadas)

8h - 17h  - Recepção das Escolas em atividades de Educação Ambiental | Museu do Forte - agendamento de escolas até 10.09, bete.ambiental@cairucu.org.br, (24)99862-4189 e 8128-9209

11h - Palestra | Museu do Forte
“Aves da minha escola (AME)”, Sylvia Junghahnel e Bete Canela

14h - Palestra | Museu do Forte (participação gratuita)
Reflorestamentos promovem refaunação? Um estudo de caso com as aves da Mata Atlântica do Planalto Paulista”, Marco Antonio Melo

14h40 - Palestra | Museu do Forte (participação gratuita)
"Como a observação de aves e o uso dos sites de ciência cidadã podem ajudar a Mata Atlântica?", Marco Aurélio Galvão da Sila

15h20 - Palestra | Museu do Forte (participação gratuita)
"Plantando passarinho, colhendo flores: as aves da   Fazenda Bananal”, Luciano Lima

16h - Lançamento do Guia Aves de Paraty 4, com presença dos fotógrafos Renato Rizzaro & Irmãos Mello | Museu do Forte
          Apresentação de livros e materiais de apoio à observação de aves com Marta Argel e Tietta Pivatto | Museu do Forte


Sábado, 17/9/2016

10h  - Vivência | Museu do Forte (inscrições no Festival até 16.09 - vagas limitadas)
Anilhamento Demonstrativo”, Luciano Lima 

9h - 16h - Atividades abertas de Educação Ambiental para famílias | Museu do Forte

16h - 17h - Confraternização de encerramento com apresentações culturais | Museu do Forte


EXPOSIÇÕES E MOSTRAS

Exposição Beleza Ameaçada, Tony Genérico: 10h às 17h (patrocinada pela ARTSHOT)
Exposição Spix / Descourtilz - Naturalistas viajantes: 10h às 17h (parceria Avistar/Instituto Butantan/Itaú Cultural) 
Exposição Revoada Cerâmica, Arte 8: 10h às 17h
Mostra Projeto Aves da minha escola - AME, Associação Cairuçu: 10h às 17h

ATIVIDADES EDUCATIVAS


1. Trilha das aves - Condução de crianças, adolescentes e adultos numa trilha a fim de identificar as espécies de aves e seus respectivos sons
2. Aves livres - Um cantinho para desenhar aves livres ao som de canções que falam do tema e diante de fotografias e vídeos com aves voando livremente
3. Baralho das aves - Um jogo de cartas com informações sobre as aves: dimorfismo sexual, tipo de ninho, alimentos e ambientes em que vivem.
4. Teatro de fantoches - Teatro de conscientização  sobre as aves e a manutenção dos seus habitats
5. Cine aves - Exibição de filmes sobre a temática das aves para crianças e adultos
6. Pé de livros sobre aves - livros serão pendurados em árvores e mediadores farão leituras para crianças, como ocorre tradicionalmente na Flipinha.

OFICINA e VIVÊNCIA

Oficina "Introdução à observação de aves", com Luciano Lima
Museu do Forte, 15/9, das 14h às 16h
Introdução ao tema, incluindo diversidade de espécies da Mata Atlântica, técnicas de observação e identificação, equipamentos utilizados.

Vivência “Anilhamento Demonstrativo”, com Luciano Lima
Museu do Forte, 17/9, às 10h
Participantes acompanharão como é realizado o trabalho de pesquisadores ao identificar, anilhar e soltar as aves, utilizando as principais técnicas, com o objetivo de monitoramento das aves.

Luciano Lima é ornitólogo especializado em Mata Atlântica, trabalha no observatório de aves do Instituto Butantan e é coordenador do observatório de aves da Fazenda Bananal, em Paraty.


Mais informações:
www.cairucu.org.br
info@cairucu.org.br   
(24) 3371-4803




>> VEJA COMO FOI O EVENTO EM 2015
<< Voltar

Termos mais procurados

Copyright © 1996-2011 - Paraty Turismo e Ecologia Criação do site: PWI