10 opções de compras diferenciadas em Paraty
10 opções de compras diferenciadas em Paraty

O comércio está quente por aqui! E no mês de dezembro mais ainda, quando moradores e turistas estão de olho nas vitrines, em busca de boas idéias de presentes. A família, os amigos, o amigo secreto, aquele presente especial, aquela lembrancinha obrigatória… Ninguém escapa! Pensando nisso, saí pelo Centro Histórico em busca de lojas que podem ajudar você a encontrar o presente certo para a pessoa certa! Entre os  muitos (e interessantes!) endereços que existem, confesso: não foi fácil escolher. Mas “pesquei” 10 lojas e aqui eu conto o diferencial de cada uma delas. Faça comigo este roteiro de boas compras de Natal, com opções que podem ir de 7 reais a 7 mil reais. Quem escolhe é você.

Um pouco de tudo no Vintage, brechó de Lili Ausier: livros, bolsas, vestidos, roupas em geral, peças de mobiliário, fotos antigas...
Um pouco de tudo no Vintage, brechó de Lili Ausier: livros, bolsas, vestidos, roupas em geral, peças de mobiliário, fotos antigas…

 

 

Um brechó é sempre bem-vindo. Se não pelos preços, pelas boas surpresas que podem oferecer. Ali no Caborê, em frente à pousada Aqui é Paraty, já faz sucesso há um ano o Brechó Vintage, de Lili Ausier. Não vá com pressa, porque há muito para ver: vestidos, saias e blusas incríveis, algumas roupas masculinas também, sapatos, cintos, bolsas e chapéus, tudo em perfeito estado. Além de  livros, peças de antiquário e pequenos móveis, como mesinhas e bancos. Até o Natal, tudo está com 30% de desconto.  Brechó Vintage, rua Sabiá, nº 5,  Caborê. Aberto de segunda a segunda, das 16 às 20 horas.

 

 

 

Da arte indígena, bichos de madeira em todos os tamanhos. Os pratos são do artesanato colombiano
Da arte indígena, bichos de madeira em todos os tamanhos. As rodas de teto são da tribo Wayana, de Roraima.Tudo no Armazém Paraty

Na esquina da Samuel Costa com a rua da Matriz, a Armazém Paraty reúne uma verdadeira preciosidade em matéria de artesanato indígena do Brasil e da América do Sul. A proprietária Nina Taterka costuma escolher ela mesma, in loco, em regiões longínquas, as peças para sua loja — todas autênticas e com referências das etnias e das localidades de origem. Cestaria, cerâmica, redes, máscaras, colares de miçangas, brincos, pulseiras, objetos e adornos de madeira, há centenas de opções de pura tradição, feitas à mão por povos indígenas como os Mehinako, os Karajá, as etnias Suruí, Kayapó, entre dezenas de outras, a exemplo da tribo colombiana Wounan. Armazém Paraty, rua dr. Samuel Costa, 18, (24) 3371 2082. Das 9 às 22 horas, sextas e sábados até 23h30.

 

Não faltam opções de presentes criativos na Ciranda de Roda
Não faltam opções de presentes criativos na Ciranda de Roda

 

Variedade e colorido são a marca registrada da Ciranda de Roda, loja recente, com apenas seis meses na cidade, mas que conquista quem passa por lá. Pelos cinco ambientes, muita coisa para escolher: camisetas, saias e vestidos, muitos deles pintados ou bordados, algumas peças em tecido ecológico, bijuterias, objetos artesanais e peças em madeira, vidro, cerâmica etc. Como promoção de Natal, a loja está sorteando uma bela peça de artesanato brasileiro entre os clientes que comprarem entre os dias 10 e 24 de dezembro.  Ciranda de Roda, rua do Comércio, 57. Das 10 às 22 horas, de segunda a segunda.

 

Bonecas de pano e brinquedos tradicionais: o forte da Querubim
Bonecas de pano e brinquedos tradicionais: o forte da Querubim

 

Se o desafio for presente para crianças, a loja Querubim merece uma visita. Especializada em brinquedos educativos, é ambientada na base de muita cor e com tudo (ou quase tudo) ao alcance das mãos dos pequenos.  Não faltam brinquedos de madeira – cavalinhos, aviões, carrinhos, casinhas de boneca, fogõezinhos – nem de pano, como fantoches e bonecas de todos os tamanhos, a maioria feita à mão por artesãs de Paraty. Também há móbiles e bichinhos para decoração de quartos, além de mimos para as meninas, como tiaras com laços enormes (última moda!)  e presilhas de cabelo em crochê. E não faltam  os brinquedos tradicionais da infância de todos nós, como a peteca e o pião… Querubim, rua Comendador José Luiz, 5, (24) 3371 6259. Das 10 às 22 horas, de segunda a segunda.

 

Chocolates e cervejas importadas: destaque na Terracota.
Chocolates e cervejas importadas: destaque na Terracota.

Comidinhas e bebidas especiais são ótimas idéias para um presente e podem até compor uma cesta de Natal recheada de coisas finas, indicada para agradar aquele amigo ou amiga de paladar exigente.  Essa é uma das sugestões que você encontra na Terracota, uma espécie de café-delicatessen, com um rico estoque de vinhos e cervejas importadas.  Mas nas prateleiras há também marcas especiais de massas, molhos, temperos, doces e geléias artesanais, queijos e chocolates suíços, sem contar utensílios para bar e cozinha, como garrafas coloridas, canecas e copos finos. Nas compras em dinheiro,  desconto de 10%. Terracota, rua Samuel Costa, 01, (24) 3371 1072, das 10 às 22 horas e até meia-noite nos finais de semana.

 

Mil ideias em cúpulas: diferentes formas e tamanhos, estampas variadas
Mil ideias em cúpulas da Cida Stofel: diferentes formas e tamanhos, estampas variadas

 

Peças para decorar são sempre bem-vindas, quando se quer presentear com charme. No Ateliê Cida Stofel, a especialidade é a iluminação. A proprietária, que é ceramista, faz forração em tecido de estampas variadas em cúpulas de abajures, pendentes e arandelas. E o diferencial é seu trabalho em argila, na criação de esculturas personalizadas para bases de abajures. Ali mesmo, nos fundos da loja, a artista molda suas peças, todas exclusivas, que podem ser encomendadas com certa antecedência. Cida Stofel, rua dr. Samuel Costa, 185.

 

 

Pedras brasileiras nas joias artesanais, em criação de Patrick Allien
Pedras brasileiras nas joias artesanais, em criação de Patrick Allien

 

Presentear com uma jóia é um verdadeiro luxo! O artista francês Patrick Allien, conhecido por ser múltiplo em suas criações geniais em gravuras, desenhos e fotografia, é também um exímio joalheiro. Suas peças artesanais, em prata e bronze, fazem bonito em vitrines especiais do ateliê que leva seu nome. Brincos, colares, anéis isolados ou em conjuntos podem associar o metal a pedras brasileiras, coral ou pérolas, em resultados nada comuns.  Ateliê Patrick Allien, rua do Comércio. De segunda a segunda, das 10 às 22 horas.

 

 

 

 

Ave Maria, moda feminina com grife
Ave Maria, moda feminina com grife

 

Outro luxo na cidade é a loja Ave-Maria, grife de roupas femininas de Belo Horizonte, especializada em modelos exclusivos e românticos, vestidos em especial, muitos deles feitos artesanalmente, com bordados e estampas elegantes e decotes e recortes surpreendentes. Há modelos em seda, veludo, renda, blusas delicadas, lenços e bijuterias elegantes. Ave-Maria, rua do Comércio, 308, (24) 3371 0118. De segunda a segunda, das 10 às 22 horas.

 

 

 

Na loja mais tradicional da cidade, ideias de presentes para a família inteira
Na loja mais tradicional da cidade, a Casa Costa tem ideias de presentes para a família inteira

 

Há 57 anos servindo moradores e turistas com uma variedade incrível de artigos para vestir e usar na casa, a tradicional Casa Costa  é um dos endereços obrigatórios na cidade. O local esbanja tradição e mais parece um grande bazar, decorado com as cores e brilhos naturais de tecidos, dos mais simples aos mais sofisticados, rolos de fitas, rendas, carretéis de linha, lãs, botões… Além de roupa de cama, mesa e banho, roupas íntimas para todas as idades e confecção em geral. “Aqui se vende de tudo um pouco”, conta, orgulhosa, Maria Inês Gibrail Costa, que há 33 anos está à frente da loja.  Casa Costa, rua Aurora, 149.

 

 

Na Arte Brasil Paraty, objetos de charme para decorar a casa
Na Arte Brasil Paraty, objetos de charme para decorar a casa

 

É ali, atrás da igreja Santa Rita, cartão-postal de Paraty, que fica a Arte Brasil, outro endereço que costuma atrair gente de bom-gosto. Com uma seleção de utilitários charmosos e objetos com status de obras de arte, são muitas as opções de presentes para decorar a casa, em peças de vidro, cerâmica, madeira, porcelana, etc. ideais para embelezar a mesa ou criar cantinhos acolhedores. No rol das boas idéias, vale notar sabonetes italianos, écharpes levinhas, blusinhas e vestidos bem femininos e móveis, almofadas e luminárias de fino trato. Arte Brasil Paraty, rua Santa Rita, 02, (24) 3371 2534. De segunda a segunda, das 9h30 às 22 horas.    

 

 

Clique nas imagens abaixo para ampliar e ver as legendas:

 

Histórias de vida e de lugares sempre me interessaram. Como jornalista, sou movida a ideias e boas pautas. Desde 2004 escolhi viver em Paraty, onde sou mais leve e contemplativa. Trabalho em casa, no meu escritório com alma e vista para o verde, e não me desconecto. Assumo completamente que o ambiente digital é uma das minhas praias preferidas, ainda mais agora, integrada à equipe do www.paraty.com.br . Escrever sobre Paraty, dirigindo-me a quem mora por aqui e a quem chega para curtir a cidade, é uma das minhas grandes fontes de prazer e inspiração. Outras são a fotografia e a cor azul, que me levaram a criar o blog http://adoroazuis.blogspot.com.br, para expressar o que encontro de azul no mundo. Claudia Ferraz

Deixe um comentário




*