Ouça a gravação amadora da Missa Paratiana no concerto realizado no Museu de Arte Sacra de Paraty, no dia 03/12/2016, com a apresentação do Coral Juvenil da UNIRIO e a Orquestra da UNIRIO, sob regência do Prof. Julio Moretsohn.

A Missa Paratiana é uma peça sacra, do século XIX, de autor desconhecido. Sua partitura faz parte do acervo do Museu de Arte Sacra de Paraty e ficou desaparecido durante muito tempo.

O musicólogo, prof. Regis Duprat encontrou esta partitura no município de Aparecida, em 1968. A obra fazia parte do acervo da família de Randolpho José de Lorena, de Aparecida do Norte, família esta cuja tradição mineira de músicos do ciclo do ouro remonta ao século XVIII.

Em 1985, o regente Jonas Christensen articulou um Festival de Música Sacra e, nesta ocasião, Regis Duprat trascreveu a partitura, que foi executada na cidade por coro e orquestra. Duprat doou a partitura para a Municipalidade de Paraty.

Em sua estrutura a Missa Paratiana  é  constituída de 5 movimentos:

Kyrie
Gloria
Laudamus
Gratias
Domine Deus (incompleto)

Em 2010 a obra foi reeditada, já em formato digital, por William Storti, para o seu trabalho de conclusão do curso Licenciatura em Música na Universidade de São Paulo – USP. Esta nova edição foi cedida ao Professor de Regência Coral da UNIRIO, Maestro Julio Moretzsohn, responsável pelo Projeto de Extensão: CORO JUVENIL UNIRIO. Os alunos deste projeto trouxeram uma nova contribuição ao material de performance desta missa confeccionando a parte do Coro com redução de orquestra para piano e extraindo as partes cavadas da orquestra, material este que foi doado ao Museu de Arte Sacra de Paraty.

A Missa Paratiana apresenta a seguinte formação:
Coro misto a quatro vozes
Soprano, contralto, tenor e baixo solistas
Flauta
Clarinetes I e II em Si bemol
Trompete em Si bemol
Trompas I e II em Fá
Violinos I e II
Violoncelo
Baixo orquestral
Órgão (baixo contínuo)

 

MÚSICA NO MUSEU é uma realização do Museu de Arte Sacra e da Associação dos Amigos do Museu de Arte Sacra de Paraty, em parceria com a Prefeitura de Paraty, por meio da Secretaria de Cultura, com apoio da Eletrobrás Eletronuclear, Taiama, Sesc, Unirio, Pousadas: do Ouro, Casa Turquesa, Pousada das Pedras, Villa del Sol, Sandi, Marquesa, Pardieiro, Tesouro, Restaurante Chafariz, Paraty Tours, MAST, Festeiros de Nossa Senhora dos Remédios.

 

Meu nome completo é Elizabeth Fromm Freire Gaspar, mas uso apenas Elizabeth Gaspar por ser mais fácil de lembrar. Tenho formação em Terapia Ocupacional pela USP, com especialização em Saúde Pública, área que atuei por vários anos. Mas foi em 1995 que Ricardo Gaspar, meu marido e sócio na PWI Web Studio, me apresentou à internet que nascia comercialmente no Brasil. Logo em 1996 nascia o nosso portal www.paraty.com.br e, pronto! Eu já estava fisgada definitivamente por uma nova paixão profissional: o Marketing Digital. Música, artes, história são outras grandes paixões e, mais do que tudo isso, amo viajar para poder conhecer novos lugares, pessoas, costumes e culturas.

Deixe um comentário




*