• Criada por D. Isabel, rainha de Portugal no século XIV, a Festa do Divino foi introduzida no Brasil no século XVI. Em Paraty ela passa a ser celebrada a partir do século XVII.

    (mais…)

  • DSC_2285 (Medium)

    Paraty é mundialmente conhecida pelo seu centro histórico colonial preservado e, também por seus belos passeios de escuna.
    Mas, há muito mais para se ver e fazer em Paraty!

    (mais…)

  • jorge2

    A equipe do portal Paraty.com.br conversou com Jorge Ferreira no dia 25/09/2015, em São Paulo, sobre agricultura, gastronomia sustentável, mata atlântica e seus estudos de botânica.

      (mais…)

  • A cidade de Paraty possui um calendário turístico-cultural bastante intenso, com eventos acontecendo durante todo o ano. Mas alguns dos programas que Paraty oferece, muitos nem constam do calendário oficial, são alternativas de lazer que propiciam um contato mais íntimo com a cultura local.

     

    Lazer em Paraty. Peça UM PASSEIO NA HISTÓRIA, da Cia Imperial de Teatro de Paraty

     

    É o caso do espetáculo UM PASSEIO NA HISTÓRIA, do grupo “Cia Imperial de Teatro de Paraty”. Uma encenação que se tornou bastante conhecida dos moradores da cidade e dos turistas que se surpreendiam com o cortejo saindo da Praça da Matriz e percorrendo as ruas do centro, e que, desde 2014, passou a ser apresentada no palco da Casa da Cultura.

    Imagine vários personagens (mais…)

  • Renato Imbroisi fala de artesanato e identidade cultural
    Renato Imbroisi fala de artesanato e identidade cultural

    No dia 22 de abril de 2015, o tecelão e designer de artesanato Renato Imbroisi apresentou suas experiências falando sobre Artesanato e Identidade Cultural. Com belíssimas fotos, Renato foi contando as histórias dos trabalhos desenvolvidos em desde 1987 em Muquém, Carmo do Rio Claro, Brasília, Jalapão, Cariri e muitas outras cidades de 24 estados brasileiros. Além de sua atuação no Brasil, Renato atuou no continente africano, em Moçambique e em São Tomé e Príncipe.

    (mais…)

  • HIstórias e Ofícios do Território
    HIstórias e Ofícios do Território – Foto: Ricardo Gaspar

    No dia 04 de dezembro de 2014, o Museu do Território de Paraty fez sua primeira apresentação pública com uma exposição áudio-visual, jornada de debates (veja a programação), workshop de fotografia e placas comemorativas. Com estas ações o Museu apresenta e discute sua proposta. É um Museu diferente: ele não tem sede e seu acervo trata do território (não do prédio institucional), do patrimônio (não da coleção) e da comunidade (não dos visitantes).

    Esta primeira ação é um recorte que busca entender com a velha guarda, o que mudou em Paraty com a chegada da Rodovia Rio-Santos. A equipe Paraty.com.br conversou com Paulo Werneck, curador da FLIP 2014 e 2015 e, também curador desta primeira ação pública chamada: Histórias e Ofícios do Território. Depois, Mauro Munhoz, diretor-presidente da Casa Azul e idealizador do Museu do Território de Paraty, nos conta como surgiu a idéia do Museu e quais são os princípios que norteiam os trabalhos. Por fim,  Alexandre Pimentel, coordenador de pesquisa do Museu do Território nos conta como é seu trabalho de campo e o contato com instituições e moradores de Paraty cheios de histórias para contar. Ele compartilha conosco momentos emocionantes de seus encontros com a história vivida pelos paratienses da velha guarda.

    (mais…)

  • Alex Atala cozinha em Paraty. Para suas receitas, Alex saiu em caminhada pela Mata Atlântica em busca de ingredientes nativos.
    Alex Atala e Jorge Ferreira em Paraty – Folia Gastronômica 2014

    Texto e imagens: Ricardo Gaspar

    Na Folia Gastronômica 2014, em Paraty, estiveram presentes vários renomados chefs de cozinha e profissionais da área da gastronomia. A programação foi variada, com aulas, degustações, shows musicais, exposições, humor e encerrada com uma farofada na frente da Igreja da Matriz. (mais…)

  • Chef Ana Bueno - foto Ricardo Gaspar
    Chef Ana Bueno – foto Ricardo Gaspar

    Por Claudia Ferraz

    Determinada, corajosa e sempre muito antenada com mil idéias e afazeres, ela não costuma perder a doçura. Adora ser mãe, acompanha de perto o andamento da casa e só deixou de pilotar o fogão no cotidiano doméstico há pouquíssimo tempo (até então, fazia almoço e jantar todos os dias para a família). Mas no comando de seu restaurante, um dos mais estrelados de Paraty, continua mais desenvolta do que nunca. Idealizadora da Folia Gastronômica, ela traz o evento de volta à cidade, depois de cinco anos. A Folia de 2014 chega em novo formato e com foco no que a gastronomia pode oferecer, especialmente às novas gerações, em termos de oportunidades educativas e profissionais.  

    (mais…)

  • Almir Ta - pescador e lider comunitário - Foto: Ricardo Gaspar
    Almir Ta – pescador e lider comunitário – Foto: Ricardo Gaspar

    Entrevista com o pescador e pilar da cultura caiçara: Almir Tã

    Em entrevista exclusiva, às vésperas do aguardado Festival do Camarão, o líder comunitário caiçara fala da sua vida de pescador e militante, conversa sobre livros e saberes, e não esconde seu entusiasmo pela realização de mais uma, a 51ª, tradicional festa de São Pedro e São Paulo, na Ilha do Araújo.
    Caiçara dos mais sábios, Almir Tã é daquelas figuras queridas e respeitadas, admiráveis já à primeira vista. Em Paraty, quem o conhece melhor reconhece sua lucidez, força e desembaraço ao falar, quando o assunto diz respeito à identidade cultural de seus parceiros caiçaras e, especialmente, à preservação do mar. Para muito além dos discursos, ele vive preservação, ecologia e sustentabilidade como atitudes naturais no seu dia-a-dia. Como líder comunitário expressivo na região, especialmente da costeira, Almir Tã pratica o que acredita. E adora repassar o que sabe para os jovens e crianças. “Eu atraio as crianças, tenho jeito com elas”, reconhece ele, que é quase um professor nato, daqueles que sabem falar com os pequenos. Não é à toa que, onde mora, ele vive rodeado de crianças…

    (mais…)

  • Foto com integrantes do projeto Defeso Cultural e Carlinhos Antunes
  • Paraty é uma cidade maravilhosa mesmo – da exuberância da natureza às atividades culturais, Paraty tem se mostrado como um importante centro de ações, eventos, e movimentos voltados para a preservação do patrimônio histórico e dos saberes regionais.

     

    Uma das mais importantes instituições que trabalham neste sentido é o SILO CULTURAL.  O Silo Cultural é uma instituição sem fins lucrativos criada em 2001 na cidade de Paraty/RJ, por iniciativa do cantor e compositor paratiense Luís Perequê e da bailarina e coreógrafa Vanda Mota, com o intuito de valorizar a cultura caiçara tradicional.

    Dentre diversas atividades promovidas pelo instituto, destacamos aqui a CARAVANA PARATY.

    O Defeso Cultural é um movimento da sociedade civil em defesa, apoio e fortalecimento da cultura popular de Paraty e caiçara, tanto em suas manifestações tradicionais, como contemporâneas. A Caravana Paraty é a principal ação do Defeso Cultural e uma iniciativa inédita para a cultura popular brasileira.

     

    “A Caravana Paraty engloba uma intensa programação que ocorrerá entre os dias 2 e 11 de agosto de 2013 no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), no Rio de Janeiro, e no SESC, em São Paulo (com datas a confirmar). Também estão previstas uma série de apresentações em várias cidades do interior do Rio e em Minas Gerais, além de eventos em Paraty durante todo o ano e, em especial, durante a 11ª edição da FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty). A iniciativa conta com o patrocínio da Eletrobrás/Eletronuclear.

    “ – Criamos o Defeso Cultural porque entendemos que as cidades turísticas precisam criar políticas públicas que protejam os períodos onde a comunidade local esteja vivenciando suas tradições culturais e religiosas. Acreditamos que somente com a convivência comunitária é possível produzir uma cultura autêntica. Se as pessoas não tiverem tempo para essa vivência local, acabam se voltando para o turismo em tempo integral e a cultura se perde – enfatiza Perequê.” (http://vimeo.com/defesocultural)

    Para a direção do projeto CARAVANA CULTURAL foi chamado o grande músico e compositor CARLINHOS ANTUNES.

    Com 26 anos de carreira no Brasil e outros mais de 30 países, Carlinhos, que também é historiador pela PUC de São Paulo, já atuou com grandes nomes do Brasil e do exterior, como Tom Zé, Adoniram Barbosa, Jair Rodrigues, Vânia Bastos, Fátima Guedes, entre outros.

    Para conhecer mais sobre o diretor Carlinhos Antunes, acesse o site  http://www.carlinhosantunes.com.br.

    Para conhecer mais sobre o Silo Cultural e Luis Perequê, visite: http://silocultural.blogspot.com.br/ e http://www.luispereque.com.br

    Muito bacana essa iniciativa, né?

     

    Ah… Só para lembrar: Você pode receber mais notícias sobre Paraty se cadastrando no site ou  curtindo nossa página no facebook  ou ainda via  twitter.