• Paraty Latino - Kevin Johansen
    Kevin Johansen no Paraty Latino 2014

    Você pode imaginar um mix musical germinado da cultura dos EUA e da latinidade Argentina? Como o blues e o rock podem se unir perfeitamente ao tango e a poesia portenha? Pois Kevin Johansen, nascido no Alaska, de mãe argentina e pai norte-americano, e que cresceu entre os Estados Unidos e a Argentina, produz essa simbiose de forma única.

    (mais…)

  • Paraty Latino 2014 - Orquestra Saga
    Orquestra Saga no Paraty Latino 2014

    Foi em 2009 que a Orquestra SAGA, Sociedade Amigos da Gafieira, foi formada a partir de uma ideia do compositor e músico Seu Jorge e alguns componentes de sua banda.  Dessa forma, o encontro de 15 instrumentistas de vários grupos musicais de São Paulo e Rio de Janeiro, como a Banda Mantiqueira, a Funk Como Le Gusta e a Soundscape, deram vida ao projeto. As participações especiais da cantora e bailarina Flávia Menezes e do cantor e compositor Gabriel Moura nos vocais apimentaram as canções dançantes e contagiantes executadas no palco.

    (mais…)

  • Paraty latino 2014 - Batanga e Cia
    Batanga e Cia no Paraty Latino 2014

    Uma das mais interessantes participações no Festival Paraty Latino de 2014 é o quinteto cubano Batanga & Cia, que toca no palco da matriz, dia 19/09, às 21 h. O grupo de música instrumental cubana recria, em suas apresentações, a atmosfera alegre das jam sessions das casas de jazz da Havana dos anos 1940 e 1950.

    (mais…)

  • De todos os eventos que se firmaram no calendário cultural de Paraty, a FLIP sem dúvida alguma é a festa que atrai mais turistas de todo o mundo!

    Escolas chegando ao centro para participar da Flipinha
    Escolas chegando ao centro para participar da Flipinha

    Talvez toda a história escondida sob cada uma das pedras do calçamento de suas ruas e o charme das construções do centro histórico façam de Paraty o lugar perfeito para discutir e vivenciar a literatura. Ou talvez seja somente o evento e toda a sua produção cuidadosamente organizada… O fato é que: falou FLIP, pensamos em Paraty.

    (mais…)

  • Gregorio Duvivier participa da FLIP 2014 - Foto: Renato Parada
    Gregorio Duvivier participa da FLIP 2014 – Foto: Renato Parada

    Leia a entrevista que a moçada da FlipZona fez  com Gregório Duvivier. O escritor participa da FLIP 2014, na mesa 1 Poesia & Prosa junto com Charles Peixoto e Eliane Brum no dia 31/07 às 12h.

    Perguntas feitas por e-mail. Leia em: http://flipzona.wordpress.com/

  • Almir Ta - pescador e lider comunitário - Foto: Ricardo Gaspar
    Almir Ta – pescador e lider comunitário – Foto: Ricardo Gaspar

    Entrevista com o pescador e pilar da cultura caiçara: Almir Tã

    Em entrevista exclusiva, às vésperas do aguardado Festival do Camarão, o líder comunitário caiçara fala da sua vida de pescador e militante, conversa sobre livros e saberes, e não esconde seu entusiasmo pela realização de mais uma, a 51ª, tradicional festa de São Pedro e São Paulo, na Ilha do Araújo.
    Caiçara dos mais sábios, Almir Tã é daquelas figuras queridas e respeitadas, admiráveis já à primeira vista. Em Paraty, quem o conhece melhor reconhece sua lucidez, força e desembaraço ao falar, quando o assunto diz respeito à identidade cultural de seus parceiros caiçaras e, especialmente, à preservação do mar. Para muito além dos discursos, ele vive preservação, ecologia e sustentabilidade como atitudes naturais no seu dia-a-dia. Como líder comunitário expressivo na região, especialmente da costeira, Almir Tã pratica o que acredita. E adora repassar o que sabe para os jovens e crianças. “Eu atraio as crianças, tenho jeito com elas”, reconhece ele, que é quase um professor nato, daqueles que sabem falar com os pequenos. Não é à toa que, onde mora, ele vive rodeado de crianças…

    (mais…)

  • Culinária paratiense: Camarão Casadinho
    Camarão Casadinho – prato típico de Paraty – Foto: Débora Bedin

    O Defeso do Camarão acabou e hoje é dia de experimentar esta iguaria tradicional da gastronomia de  Paraty

    (mais…)

  • Marcelo Tas - Foto: Caio Guatelli
    Marcelo Tas – Foto: Caio Guatelli

    A FlipZona deste ano já começou. Antes mesmo de se transformar numa redação jornalística para cobrir , com um olhar jovem, a 12ª Flip, suas ações já começaram.

    (mais…)

  • Pomba do Divino em Paraty - Foto: Ricardo Gaspar
    Pomba do Divino em Paraty – Foto: Ricardo Gaspar

     

    A Festa do Divino em Paraty é uma das tradições mais fortes da cultura paratiense. A cidade toda se envolve e, quem visita a cidade, tem a oportunidade de participar desta autêntica manifestação popular. Conheça os principais pontos da Festa do Divino em Paraty

    (mais…)

  • Bourbon Festival Paraty 2014 - Show de Hermeto Pascoal
    Bourbon Festival Paraty 2014 – Show de Hermeto Pascoal

    Inesquecível, emocionante, divertido, MÚSICA, MÚSICA, MÚSICA. Isto tudo é Hermeto Pascoal. Sempre acompanhado de músicos excepcionais, o mago conduz o show com total domínio e liberdade.

    (mais…)

  •  

    Bourbon Festival Paraty 2014 - Big Time Orchestra com Tiago Abravanel
    Big Time Orchestra com Tiago Abravanel no Bourbon Festival Paraty 2014

    A consagrada Big Time Orchestra apresenta uma das novidades da cena nacional da música, Tiago Abravanel, neto do apresentador Silvio Santos. Eles participam do Bourbon Festival Paraty 2014, e juntos prometem incendiar a cidade com releituras de rock e soul, além do repertório autoral da banda.

    Oriunda de Curitiba, a Big Time Orchestra é influenciada por famosos nomes e grupos de rock e soul, e entrega um repertório autoral e releituras criativas de sucessos de Beach Boys, Chuck Berry, Elvis Presley, Ray Charles, Frank Sinatra, Creedence Clearwater Revival, Rolling Stones, passando por Ultraje a Rigor, Raul Seixas, Jorge Ben Jor, Tim Maia, entre outros.

    A Big Time Orchestra lançou seu primeiro CD e DVD “Ao Vivo no Bourbon Street”, alcançou grande repercussão internacional, tendo mais de 15 mil cópias vendidas. O trabalho rendeu shows em vários países da América Latina, Japão e Estados Unidos. Em 2010, a BTO filmou em Portland (Oregon) o CD “Live in Portland”, e em Las Vegas, Nova York e Los Angeles, gravou o videoclipe da canção “Clotilde”, que rodou na MTV e em outras emissoras. Em julho de 2013, gravou em Curitiba o DVD “Night” que será lançado em 2014.

    Já o intérprete Tiago Abravanel, com sua voz suave e polivalente, promete surpreender muita gente. Consagrado no teatro com vários musicais na bagagem, teve reconhecimento nacional catapultado após estrondoso sucesso no papel do cantor Tim Maia, no musical “Tim Maia – Vale Tudo”.Conquistou, com esse trabalho, os prêmios Bibi Ferreira e Qualidade Brasil 2012, entre outros. No mesmo ano, foi convidado pela autora Glória Perez para atuar na novela “Salve Jorge”, na TV Globo.

    No ano seguinte foi convidado pelo maestro João Carlos Martins para participar de dois concertos históricos com a Orquestra Bachiana Filarmônica, no Teatro Bradesco e Sala São Paulo, sendo o último transmitido na noite de natal pela TV Cultura. O evento ganhou o prêmio Melhores do Ano, do Guia da Folha, como “Melhor Concerto Nacional – votação popular”. Seu mais recente trabalho foi na novela das 18h da TV Globo, “Jóia Rara”, onde foi uma das revelações e destaque. Tiago se prepara para a primeira turnê nacional de seu show “Eclético”, com o qual se apresentou nos carnavais do Rio e Salvador, com grande sucesso.

    Ficha técnica

    Tiago Abravanel : voz

    Franco Calgaro: voz

    Alexandre Fagundes: guitarra

    Fabiano Cordoni: baixo

    André Nigro: bateria

    Guilherme Franco: teclados

    Raule Alves: trombone

    Cleber Bittencourt: trompete

    Marcio Ragel: sax

    Jaquerson Bueno: trompete

    Tiago Abravanel: Vocais

    Conheça um pouco da música de Big Time Orchestra com Tiago Abravanel:

    Big Time Orchestra com Tiago Abravanel se apresentam no Bourbon Festival Paraty 2014, no dia 25/05/2014, às 22h30 no palco da Matriz.

    Shows gratuitos no Bourbon Festival Paraty !!!

  •  

    Bourbon Festival Paraty 2014 - Patti Austin
    Patti Austin no Bourbon Festival Paraty 2014

    Ter como padrinhos musicais Quincy Jones e Dinah Washington é certamente um privilégio ímpar, mas Patti Austin tem. Sua estreia nos palcos aconteceu nos tenros 4 anos de idade, no Apollo Theater, e o primeiro contrato com a gravadora RCA veio quando tinha apenas 5 anos. Cantora, compositora e ganhadora do Grammy como melhor álbum de jazz vocal, pelo trabalho “Avant Gershwin”, 2007, teve sua carreira marcada por grandes hits de sucesso. E, ainda que o Grammy tenha vindo da categoria jazz, ela sempre passeou com tranquilidade por outros gêneros como o soul e o r&b. Até hoje continua como uma das cantoras favoritas de Quincy Jones.

    Nascida em 1950, no Harlen, gravou 19 álbuns, e durante os anos 1970 era considerada a “rainha” indiscutível da cena de Nova York, tendo colaborado e nutrindo a admiração de nomes como Michael Jackson, George Benson, Paul Simon, Cat Stevens, James Brown, Joe Cocker, Roberta Flack e Diana Ross. Durante a década de 1980, fez parte do selo de Quincy Jones, a Qwest Records, começando nesse momento a fase na qual teve mais sucessos. Entre 1969 e 1991, conseguiu emplacar vinte canções de R&B nas paradas de Hot Dance Music/Club Play, obtendo mega sucesso com a canção que atingiu o topo em 1981, “Do You Love Me? / The Genie”.

    Um dos momentos marcantes de sua vida foi quando, durante uma entrevista em 2007, Patti refletiu sobre o quanto ela relutantemente foi a um dos últimos concertos de Judy Garland e sobre como a experiência a ajudou a focar sua carreira, declarando que “ela (Judy Garland) mexeu com meu coração. Eu queria interpretar uma canção daquele jeito, para apresentar quem eu era naquele momento através da letra.

    Sua linda homenagem a Ella Fitzgerald, “For Ella”, 2002, definitivamente a colocou no panteão das grandes interpretes da black music. Quase cinco anos depois, “Avant Gershwin” uma homenagem a um dos maiores nomes da american song,George Gershwin, é lançado. Seu mais recente trabalho, de 2011,“Sound Advice”, produzido por Greg Phillinganes, é um disco de covers onde faz um tributo a bandas e artistas como Paul McCartney, Rolling Stones, Bob Dylan, Don MacLean, Brenda Russell, Paul Anka, Michael Jackson, entre outros.

    Patti pode olhar para suas mais recentes realizações com orgulho justificável. Ela continua a criar marcos de uma carreira incrível, mais uma prova de seu status como uma verdadeira artista cuja criatividade não conhece limites. Sua apresentação no Bourbon Festival Paraty 2014 é uma oportunidade única para conhecer essa brilhante artista, já que a primeira vez que ela veio ao Brasil foi como backing de Quincy Jones, em 1965, com 15 anos de idade.

    Ficha técnica

    Patti Austin: voz

    Steve Hass: bateria

    Mike Ricchiuti: piano

    Sandro Albert: guitarra

    Richard Hammond: baixo

    Conheça um pouco da música de Patti Austin:

    Patti Austin se apresenta no Bourbon Festival Paraty, no dia 25/05/2014, no Palco da Matriz, às 21h.

    Shows gratuitos no Bourbon Festival Paraty 2014 !!!

     

  • Bourbon Festival Paraty 2014 - Jaques Morelembaum
    Jaques Morelembaum no Bourbon Festival Paraty 2014

    Jaques Morelenbaum é um dos nomes mais conceituados no Brasil quando se fala de música instrumental. Mestre do violoncelo, nascido em 1954 no Rio de Janeiro, em mais de quarenta anos de carreira musical tem colaborado com grandes expoentes da música Brasileira e internacional, seja em concertos ou produções fonográficas. Atuou por dez anos na Nova Banda de Antonio Carlos Jobim e excursionou por todo o mundo, durante cinco anos, tocando com Egberto Gismonti.

    Foi diretor musical, arranjador e violoncelista de Caetano Veloso por quatorze anos, tem colaborado desde os anos 1990 com Ryuichi Sakamoto, já atuou e gravou com Sting, Cesária Évora, Mariza, Milton Nascimento, Henri Salvador, David Byrne, Omar Sosa, Bill Frisell, Hubert Laws, Kenny Barron, João Donato, Julieta Venegas, John Scofield, entre tantos outros. Desde 2009 vem apresentando-se com Gilberto Gil em seu projeto “Concerto de Cordas e Máquinas de Ritmo”.

    A partir de Heitor Villa Lobos, o cello tornou-se um dos ícones musicais do Brasil. Seu doce e romântico timbre, a semelhança de seu som com a voz humana, sua natural flexibilidade entre articulações gingadas e pura poesia, fizeram este instrumento, originalmente europeu, assumir uma identidade muito Brasileira.

    Em seu show no Bourbon Festival Paraty 2014, o músico combinará todos esses elementos proporcionando uma visão panorâmica do samba, desde suas raízes até os dias de hoje, interpretando composições de Dorival Caymmi, Jacob do Bandolim, Antonio Carlos Jobim, Newton Mendonça, Carlos Lyra, João Gilberto, Caetano Veloso, Gilberto Gil, João Donato, Egberto Gismonti, assim como trabalhos de uma nova geração de compositores, como Luisão Paiva, além de suas composições originais.

    Jaques Morelenbaum, com seu Cello Samba Trio, traz ao samba um sabor intimista de música de câmara, abrilhantado por dois grandes talentos do Brasil: o violonista Ricardo Silveira e o percussionista Marcelo Costa.

    Ficha técnica

    Jaques Morelenbaum: Cello

    Ricardo Silveira: Violão

    Marcelo Costa: Percussão

    Conheça um pouco da música de Jaques Morelembaum:

    Jaques Morelembaum se apresenta no Bourbon festival Paraty 2014, no dia 25/05/2014, no palco da Matriz, às 17h30.

    Shows gratuitos no Bourbon Festival Paraty !!!

  • Bourbon Festival Paraty 2014 - Andy Mckee
    Andy Mckee no Bourbon Festival Paraty 2014

    Andy McKee é hoje um dos mais relevantes violonistas de fingerstyle percussivo, ou seja, modo de tocar batendo os dedos e as mãos nas cordas e no instrumento. Para ele, tocar guitarra é tão simples como andar e comer.

    Nascido em 1979 no Kansas, EUA, começou a praticar aos 13 anos de idade, quando ganhou do seu pai sua primeira guitarra, da marca Aria. Começou com canções das bandas Metallica, Pantera e Dream Theater. Em 2006 teve um vídeo – “Drifting” entre os mais acessados do mundo, com 30 milhões de visualizações, o que impulsionou de vez sua carreira. Ele é uma das atrações mais instigantes do Bourbon Festival Paraty 2014.

    O americano interessou-se pelo violão aos 16 anos após tentar a guitarra, pois conheceu a música de Michael Hedges, Don Ross, Billy McLaughlin e Preston Reed, suas principais influências na música acústica. Ao mesmo tempo, inspira-se também em outros músicos e grupos como: Earth Wind and Fire, The Yellowjackets, Bjork, ImogenHeap, Pantera, Eric Johnson, Peter Gabriel, Dream Theater, Bruce Hornsby, entre tantos.

    Lançou seu primeiro disco, “Nocturne”, em 2001 de forma independente, e no mesmo ano foi o terceiro colocado no National Fingerstyle Guitar Competition. Em 2003, Andy McKee fez sua primeira turnê ao exterior, em Taiwan, com os conhecidos guitarristas Jacques Stotzem, Isato Nakagawa e Masaaki Kishibe, e no ano seguinte lança “Dreamcatcher”, o segundo álbum. Só após seu terceiro trabalho “Art of Motion”, começa a ficar conhecido mundialmente.

    Em 2007 coloca no mercado “The Gates of Gnomeria”, onderegravou “7-14,” “A Sphere,” “Ouray,” “AllLaid Back and Stuff” e “She”, de seu primeiro disco e que apresentaram uma qualidade técnica muito superior. Nesse trabalho também incluiu um cover de Björk, “Venus as a Boy”. Nesse ponto de sua trajetória, Andy já era sucesso mundial. Entre várias turnês para promover seu álbum, gravou um EP “Commmon Ground” (lançado apenas digitalmente), com regravações de três músicas de seu álbum “Dreamcatcher” e um cover do guitarrista japonês Masaaki Kishibe.

    “Joyland”, seu mais recente disco lançado em 2010, também apresenta um DVD inteiro com 75 minutos de material com vídeos adicionais, incluindo um documentário chamado “Andy McKee: Joyland”, e quatro vídeos. O documentário está disponível apenas para compra como parte do álbum Joyland CD / DVD. Mesmo com vários guitarristas incríveis no mundo, é a precisão de Andy com a estrutura da música e conteúdo melódico que o eleva acima do guitarrista típico. É nítido que ele experimenta coisas diferentes em seu instrumento como afinações alteradas, capos parciais e batidas de percussão. Contudo, Andy não se utiliza desses recursos como truques baratos de salão, eles são ferramentas de composição usados ??para criar alguns dos melhores resultados da música trabalhada para o violão de cordas de aço.

     Ficha técnica

    Andy Mackee – Violões

    Conheça um pouco da música de Andy Mckee:

    Andy Mckee se apresenta no Bourbon Festival Paraty, no dia 25/05/2014, no palco Santa Rita às 16h.

    Shows gratuitos no Bourbon Festival Paraty !!!

  • Bourbon Festival Paraty - Simoninha
    Simoninha no Bourbon Festival Paraty 2014

    O carioca Wilson Simoninha faz parte da geração de músicos brasileiros que misturam samba, jazz, bossa nova, rock e soul. E, com certeza, vai mostrar o resultado desse caldeirão efervescente no Bourbon Festival Paraty 2014.

    Músico, intérprete, produtor e empresário, é filho do legendário Wilson Simonal, e se interessou por música ainda na infância. Sua trajetória artística começou nos anos 1980, quando integrou algumas bandas até formar a Suíte Combo, ao lado de João Marcello Bôscoli – filho de Elis Regina e Ronaldo Bôscoli. Após esse start, o artista não parou mais seu envolvimento com projetos musicais.

    Algumas de suas realizações mais relevantes como produtor foram a idealização e coprodução os shows que marcaram o retorno aos palcos de Jorge Ben Jor. Como produtor cultural, entre 1992 e 1994, Simoninha trabalhou em três edições do Free Jazz Festival e duas do Hollywood Rock. Ainda em 1994, nos EUA, gravou o disco “In Tempo”, do saxofonista japonês Sadao Watanabe, e fez sua primeira turnê pelo Japão. Já no Brasil, em 1995, interpretou quatro faixas do álbum João Marcello Bôscoli & Cia (Flor do Futuro, Essa Menina, Distantes Demais e Carnaval e Reveillon).

    Porém, foi a partir do novo século que apostou forte na sua carreira como músico e interprete. Em 2000, ao mesmo tempo em que foi convidado para ser diretor artístico da gravadora Trama, lançou o álbum solo de estreia“Volume 2”. Em 2002 participou do projeto “The New Samba Revue” com Patrícia Marx, Jair Oliveira, Mad Zoo e Max de Castro. Eles saíram em turnê pela Europa e fizeram 22 shows em Portugal, França, Alemanha, Holanda, Áustria, Itália, Suíça e Inglaterra. Assim que retornou ao Brasil, lançou seu segundo álbum, “Sambaland Club”.

    Com o objeto de atingir o mercado internacional, em 2004 colocou nas ruas o álbum “Introducing Wilson Simoninha Live Sessions at Trama Studios”, que trazia releituras de suas canções e músicas inéditas. No início de 2004, para lançar o material na Europa, Simoninha fez 18 shows no continente. E entre vários projetos, como a caixa Wilson Simonal na Odeon (1961-1971), participou, em 2009, do álbum Nego – composto por canções americanas em versões brasileiras – de Carlos Rennó e Jaques Morelenbaum.

    Em continuidade a seus próprios discos, difundiu o poderoso“Melhor – S de Samba”, de 2008, com a participação de Seu Jorge (em “Ela É Brasileira”) e Cláudio Zoli (em “Eu Sei que Você Vai me Entender” e “Sossega”). Em agosto de 2009, ao lado de seu irmão Max de Castro, Simoninha concebeu e comandou o show “O Baile do Simonal”, com repertório composto por sucessos gravados pelo cantor Wilson Simonal, nos anos 1960, começo dos 1970. Além da turnê do Baile, em 2012, Wilson Simoninha participou do projeto 100 Anos de Gonzagão, interpretando “Forró no Escuro”. Seu mais recente disco, “Simoninha – Alta Fidelidade”, saiu em 2013 e, como ele mesmo diz, “é quase uma provocação, com a expressão “High Fidelity”, impressa nas capas dos discos dos anos 1960 como um a espécie de selo para atestar a alta qualidade sonora”.

     

    Ficha técnica

    Simoninha: voz
    Bruno Marques: Baterista
    Michel Lima: Teclado
    Dilson Laguna: Guitarrista
    Josue Santos: Sax
    Sidmar Vieira: Trompete
    Sérgio Carvalho: Baixo

    Conheça um pouco da música do Simoninha:

    Simoninha se apresenta no Bourbon Festival Paraty, no dia 24/05/2014, na Palco da Matriz às 00h00.

    Shows gratuitos no Bourbon Festival Paraty !!!