Paraty - Versão em português Paraty - English version
Baixe o Aplicativo de Paraty

PARATY TURISMO E ECOLOGIA

Golfinhos em Paraty

Como agir no caso de:

Projeto Golfinhos

Projeto Golfinhos
"O Projeto Golfinhos nasceu em dezembro de 1990, quando conseguimos organizar o primeiro cruzeiro para a observação de cetáceos no litoral sul do Rio de Janeiro e norte de São Paulo.

A bordo de uma escuna, durante cinco dias, avistamos e identificamos cinco diferentes espécies de golfinhos e três espécies de baleias. Os resultados foram surpreendentes e animadores. Deparamos justamente com algumas espécies que procurávamos, como a baleia-jubarte, o boto-cinza e os golfinhos-pintados; e com outras que, até então, nem em nossos melhores sonhos podíamos esperar encontrar em águas tão costeiras, como a baleia-de-bryde e o golfinho-de-dentes-rugosos.

A região da Baía da Ilha Grande, principalmente, nos chamou a atenção pela sua beleza ímpar e suas águas calmas e abrigadas. Nós, que ao estudarmos os cetáceos em seu hábitat estamos tão acostumados a enfrentar problemas como a falta de infra-estrutura de locais isolados, mau tempo e mares revoltos, ficamos maravilhados com a possibilidade de estudá-los em um ambiente tão generoso. Não é todo "baleólogo"que, depois de um longo e cansativo dia de trabalho no mar, pode simplesmente "largar a âncora num belo porto e caminhar até a cidade para renovar suas energias, como acontece em Paraty. (...) "

cetaceos.jpg

Cetáceos da Baía da Ilha Grande


Existem no mundo 79 espécies de cetáceos descritas. No Brasil este número vai para 39. Na Baía da Ilha Grande até o momento foram registradas 13 diferentes espécies de baleias, botos e golfinhos.
<< Voltar

Termos mais procurados

Copyright © 1996-2011 - Paraty Turismo e Ecologia Criação do site: PWI