Paraty - Versão em português Paraty - English version
Baixe o Aplicativo de Paraty

PARATY TURISMO E ECOLOGIA

MIMO 2016

De 14 a 16 de outubro de 2016
MIMO 2016
O que começou como Mostra Internacional de Música em Olinda há 10 anos, estabeleceu-se como o MIMO Festival , um dos mais importantes do Brasil, que oferece ao público música instrumental de todos os continentes - desde a clássica, passando pelo jazz, a música eletrônica e a música popular. Os concertos, que atraem pessoas de várias gerações, acontecem em cidades que preservam bens e valores históricos do Brasil.

Tiradentes, Ouro Preto, Paraty, Rio de Janeiro e Olinda vão sediar o megaevento gratuito em que a música é a protagonista em concertos, filmes, workshops e poesia.

O MIMO Festival chega à 13ª edição anual reunindo atrações dos cinco continentes, entre concertos, filmes, palestras, poesia e workshops, tendo sempre a música como protagonista, e as praças públicas, igrejas e teatros de cidades históricas como seus principais palcos. Atrações internacionais inéditas no país, como o harpista colombiano Edmar Castañeda, o veterano senegalense Cheikh Lô, o multiartista cabo-verdiano Mário Lúcio Sousa e o jovem grupo ucraniano Dakhabrakha dão uma ideia da pluralidade do evento em 2016, que contará também com consagradas atrações nacionais, como Elza Soares, Hamilton de Holanda e Emicida recebendo como convidado especial o mestre Wilson das Neves.

Entre os dias 14 e 16 de outubro, o MIMO Festival ocupa Paraty , com uma programação completa, contemplando, além dos concertos, workshops dos músicos participantes do evento na Etapa Educativa, palestras no Fórum de Ideias, 27 filmes inéditos em circuito, no Festival MIMO de Cinema, e a Chuva de Poesia, para, literalmente, lavar a alma.

Crescendo a cada ano, em tamanho e programação, em seus 13 anos o MIMO Festival já reuniu mais de um milhão de espectadores, em 344 shows gratuitos, com mais de 3.300 músicos, e 800 horas de música ao vivo. Para este ano, estão previstos cerca de 50 concertos ao total, para um público estimado em 130 mil pessoas nas cinco cidades.

MIMO já recebeu nomes como Buena Vista Social Club, Madredeus, Ibrahim Maalouf, Toninho Horta, Chucho Valdés, Richard Bona, Egberto Gismonti, Chic Corea, Richard Galliano, Guinga, Isaac Karabtchevsky e Nelson Freire. As cidades lotam. MIMO é hoje o segundo maior evento de Olinda, e só perde para o Carnaval da região, chegando a reunir cerca de 60 mil pessoas quando o MIMO passa pela Praça da Sé, em Olinda.

O festival também fomenta a produção artística nacional através do Prêmio MIMO Instrumental, que seleciona grupos e músicos brasileiros para se apresentarem no mesmo palco dos convidados. E deixa um legado por onde passa através da Etapa Educativa. A cada edição, os artistas convidados são convocados a ministrar aulas para crianças, jovens, estudantes de música e profissionais em busca de aprimoramento. Esta fase do festival é composta por aulas, workshops, oficinas e máster classes. As atividades também são gratuitas e mais de 20 mil alunos já foram beneficiados.

Idealizado em 2004 por Lu Araújo, também diretora artística e dona da Lu Araújo Produções, em 2013 o MIMO passou a ter como sócio o empresário Luiz Calainho. A partir de 2015, mais uma empresa se associa ao evento, a Musickeria, de Calainho, Flávio Pinheiro e Afonso Carvalho. A edição 2016 do MIMO Festival conta com o patrocínio do Bradesco, Cielo e BNDES, e apoio da Estácio.


>> VEJA COMO FOI O MIMO EM 2015

Notícias do MIMO

<< Voltar

Termos mais procurados

Copyright © 1996-2011 - Paraty Turismo e Ecologia Criação do site: PWI