Paraty - Versão em português Paraty - English version

PARATY TURISMO
E ECOLOGIA

SESC TERÁ NOVA UNIDADE EM PARATY
(10/07/2017)

SESC TERÁ NOVA UNIDADE EM PARATY

De 21 a 26/07 o novo espaço terá programação especial

Localizado no bairro Caborê, espaço será polo para formação de públicos e artistas e receberá diferentes manifestações, como artes cênicas e visuais, música e literatura
 
A partir do dia 21 de julho, o Sesc apresentará à comunidade da Costa Verde a sua mais nova unidade em Paraty. Inicialmente, o espaço, que fica no bairro Caborê e ocupa um terreno de 28 mil metros quadrados, funcionará em instalações provisórias, mas já com uma programação antes e durante a Festa Literária Internacional de Paraty. Assim como já acontece no tradicional Centro Cultural, no Largo de Santa Rita, o novo espaço também receberá diferentes manifestações artísticas como artes cênicas, música, artes visuais e, claro, literatura. Posteriormente, a nova unidade passará por obras gerais até que seja construída a sua estrutura definitiva.
“Nosso objetivo é ampliar as nossas ações culturais na Costa Verde. Mais do que ter um espaço extra durante a Flip 2017, buscamos um local que também poderá abrigar programações permanentes durante todo o ano e que será um Centro de Atividades para formação de públicos e novos artistas”, destaca Marcos Rego, gerente do Centro Cultural Sesc Paraty.
 
A programação de abertura terá exposição do artista plástico pernambucano Francisco Brennand, Oficina de Passinho e de Pipas, espetáculos teatrais e musicais, entre outras atrações. Confira abaixo todas as atrações da Unidade Sesc Caborê.
 
DESTAQUES DA PROGRAMAÇÃO DE 21 A 26 DE JULHO:

21/07/2017   

10h30 às 13h30 - Oficina de cerâmica - ministradas por artistas locais, abordam técnicas e temáticas diversas. A ação faz parte do programa educativo das exposições (Tripolar e Brennand) que estarão abertas ao público durante a Flip na  unidade Caborê.

17h - Abertura da exposição Brennand - um espetáculo fascinante e bárbaro (visitação até 17 de setembro: de 22 a 30 de julho, das 10h às 19h/ de 3 de agosto a 17 de setembro, das 10h às 18h)

17h - Abertura da exposição Tripolar: cerâmica da serra e do mar (visitação até 17 de setembro : de 22 a 30 de julho, das 10h às 19h/ de 3 de agosto a 17 de setembro, das 10h às 18h).

22/07/2017
  

10h30 às 13h30 - Oficina de cerâmica - ministradas por artistas locais, abordam técnicas e temáticas diversas. A ação faz parte do programa educativo das exposições (Tripolar e Brennand) que estarão abertas ao público durante a Flip na  unidade Caborê.

20h - Musical Deixa Clarear - O espetáculo, que já foi assistido por quase 200.000 pessoas, é um fenômeno de público. Inspirado no universo da cantora Clara Nunes, sem ser autoral, o espetáculo passeia pelas músicas e pela trajetória da cantora, ressaltando seus ideais e seu comprometimento com a cultura popular.

23/07/2017
  

10h30 às 13h30 - Oficina de cerâmica.

14h às 18h - Oficina de captura de imagens com Katia Coelho - Atualmente, somos todos fotógrafos e donos de nossas próprias imagens. A oficina procura aliar a técnica à linguagem, na busca pela profissionalização de mais um instrumento da democracia digital. Material necessário para a oficina: qualquer celular que fotografe, além de gravar vídeos, sem distinção de marca. (Geodésica)

16h - Exibição do filme Aquarius.
Sinopse: Uma jornalista aposentada defende seu apartamento, onde viveu a vida toda, do assédio de uma construtora. O plano é demolir o edifício Aquarius e dar lugar a um grande empreendimento. (Teatro)

17h - Cinebloco - banda inspirada em clássicos do cinema, no formato das fanfarras francesas. Formada por dez instrumentistas de sopro e 5 de percussão, toca arranjos próprios de clássicos das telonas como: O Poderoso Chefão, Caça fantasmas, Grease, Guerra nas Estrelas, entre outros com uma levada super brasileira em suas interpretações. Além disso, todos os músicos se vestem como os personagens dos filmes, num show que reúne alta qualidade musical, brasilidade e também muito tempero carnavalesco. (Beira-rio)

19h -Cinema - Casa Grande
Sinopse: Jean é um adolescente rico que luta para escapar da superproteção dos pais, secretamente falidos. Enquanto a casa cai, os empregados têm que enfrentar sua inevitáveis demissões, e Jean tem que confrontar as contradições da casa grande. (Teatro)

24/07/2017
  

10h30 às 13h30 - Oficina de cerâmica.

14h às 16h: Oficina de customização com Malía Machado - Nesta oficina será trabalhado customização de roupas e turbantes africanos. Nem sempre se precisa de dinheiro para ter um look legal e sim, de muita criatividade. (Teatro)

14h às 18h - Oficina de captura de imagens com Katia Coelho - Atualmente, somos todos fotógrafos e donos de nossas próprias imagens. O tempo "morto", gasto em longas esperas em filas ou pontos e trajetos de ônibus, transformou-se em horas de lazer, muitas vezes de trabalho.  A oficina procura aliar a técnica à linguagem, na busca pela profissionalização de mais um instrumento da democracia digital. Material necessário para a oficina: qualquer celular que fotografe, além de gravar vídeos, sem distinção de marca. (Geodésica)

14h às 18h: Intervenção com Grafite com Germain - Teremos um cubo, onde os jovens orientados pelo ministrante da oficina poderão se expressar através de estêncil, sprays e tintas, os temas da realidade urbana. (Perto da mangueira)
 
16h às 17h: Oficina de Passinho com Dream Team do Passinho- Oficina de “Passinho”, modalidade de dança originária das periferias onde se misturam vários estilos de dança ao som de batidas marcadas. (Geodésica)

18h às 19h: Roda de conversa sob o tema, “Do outro lado”, com Malía Machado e Lelezinha - “O outro lado”, tema que traz a discussão sobre a vida, em diferentes aspectos, nas comunidades e periferias “marginalizadas”, enobrecendo seu lado positivo. (Teatro)

19h às 20h30: Sarau- O sarau consiste em uma reunião festiva, apresentando concertos musicais, serestas, cantos e apresentações solo, demonstrações, interpretações ou performances artísticas e literárias. (Teatro)

25/07/2017

10h30 às 13h30 - Oficina de cerâmica

14h às 18h - Oficina de captura de imagens com Katia Coelho - Atualmente, somos todos fotógrafos e donos de nossas próprias imagens. A oficina procura aliar a técnica à linguagem, na busca pela profissionalização de mais um instrumento da democracia digital. Material necessário para a oficina: qualquer celular que fotografe, além de gravar vídeos, sem distinção de marca. (Geodésica)

20h - Leréias (RJ): Jandir Ferrari se encontra com textos de Valdomiro Silveira, acompanhado de perto pela trilha composta pelo instrumentista, compositor e diretor musical Antonio Porto. Pedaço de Cumbersa, Força Escondida, Na Folha-Larga e Do Pala Aberto foram os quatro contos colhidos do livro Leréias - Histórias Contadas por Eles Mesmos, editado em 1945, onde sentimos a genialidade de Valdomiro Silveira através de histórias aparentemente confinadas ao universo regionalista que resultam numa literatura cosmopolita, contemporânea, repleta de elementos inusitados.


26/07/2017   

10h30 às 13h30 - Oficina de cerâmica


MAIS INFORMAÇÕES:

CDN Comunicação
André Sant’Anna (andre.santanna@cdn.com.br / 21. 3626-3710)
Rafael Cavalcanti (rafael.cavalcanti@cdn.com.br/ 21.3626-3780)
Juliana Castro (juliana.castro@cdn.com.br / 21.3626-3726)

<< Voltar

Termos mais procurados

Copyright © 1996 - Paraty Turismo e Ecologia Criação do site: PWI WebStudio