Paraty - Versão em português Paraty - English version

PARATY TURISMO
E ECOLOGIA

Sábado Musical
(07/07/2018)

Sábado Musical

Programa Estações Musicais de Paraty
Dois concertos bem especiais no Estações Musicais desta semana: no sábado à tarde, Bach com o trio de saxofones A Plenos Pulmões, na Capelinha, em meio à exposição Far from Home; e à noite, na Casa da Cultura, a música universal da Oficina do Som de Carol D’Ávila.

7 de julho, sábado | 16h Capelinha - Na exposição Far from home
Série fazendo Sala
A plenos pulmões - Trio de saxofones

Rodrigo Capistrano, saxofone soprano
Simon Mahieu, saxofone alto
Micael Felipe da Silva, saxofone barítono

Repertório: Bach. Trio sonatas BWV 525-30

O grupo nasceu em 2002 como quarteto, já foi quinteto e também sexteto; trata-se de um grupo modulável que pode se adaptar a diferentes propostas. Composto normalmente por alunos da classe do prof.° Rodrigo Capistrano (Escola de Música e Belas Artes do Paraná - EMBAP/Unespar) e também por convidados, tem como principais objetivos a pesquisa, o desenvolvimento, o intercâmbio, e a difusão do vasto repertório existente para essa singular formação que é o grupo de saxofones - consagrada por nomes como: Quatuor Marcel Mule, Quatuor Deffayet, Ensemble de Saxophones de Lyon, Quintette de Saxophones de Paris, Raschèr Saxophone Quartet, entre outros, que vem se estabelecendo como uma das mais importantes expressões da moderna música de câmara.

A plenos pulmões propõe um repertório variado, abordando desde transcrições clássicas, obras originais, música contemporânea, jazz até a música brasileira com toda a sua riqueza de cores e variedade de ritmos.

Em formação de trio, A plenos pulmões apresentará a integral das Trio Sonatas do compositor alemão Johann Sebastian Bach (1685-1750), obra originalmente escrita para órgão. São 6 sonatas cada uma com 3 movimentos, compostas entre 1727 e 1731, e certamente uma das obras definitivas dentro do repertório desse mestre do período barroco.

7 de julho, sábado | 21h Casa da Cultura de Paraty
Série Feito em Casa
Oficina do Som - Carol D’Avila, composições arranjos e regência

Claudia Ribeiro, Enrique Armengol, Felipe Rás, Henrique Rossetto, Hugo Cadaval Lozano, Indiara Belo, Iraci Gassner, João Pinheiro, Levi Lopes Barreto, Lucas Dutra, Nico Latero, Roberto Finizio.

Carol d’Avila há 4 anos faz parte da equipe de formação musical em Paraty como professora de flauta transversal e prática de conjunto. Nessa prática aplica os fundamentos da Música Universal, a música de Hermeto Pascoal e de Itiberê Zwarg com quem trabalha há 12 anos.

O grupo que hoje possui 13 integrantes se apresentará na Casa da Cultura com um repertório de composições e arranjos feitos em sala de aula, pois é nesse processo de construção denominado corpo presente, aplicado há mais de 20 anos pelas Oficinas da Música Universal de Itiberê, que os fundamentos da música vão sendo transmitidos e assimilados.

Repertório:
1. Corrida de Bastão - (essa dispensa comentários);
2. Forró Universal - forrozinho bem danado com harmonia boa pra daná!
3. Abalada - essa deixou todo mundo pra trás.
4. Essa é pra vocês - única música do repertório escrita fora de sala de aula, para preencher as férias desses meninos que são loucos e não param de ensaiar nunca... nem nas férias!
5. Quinta-feira - música do Calendário do Som de Hermeto Pascoal (16 de junho de 1997); arranjo feito em sala para a ocasião de seus 80 anos.
6. Sem brownie a gente pira - música criada quando o "brownista" da turma ficou um mês na Europa visitando a família. E nós ficamos aqui sem a delícia de seus brownies.
7. Para nós, Paraty - samba que ganhou nome depois da linda lírica composta por Danielle Domingos.
8. Free-ê-vô - frevinho arretado pra terminar com alegria o nosso show.


estacoes_pq.png

Galeria de Fotos

<< Voltar

Termos mais procurados

Copyright © 1996 - Paraty Turismo e Ecologia Criação do site: PWI WebStudio