Paraty - Versão em português Paraty - English version

PARATY TURISMO
E ECOLOGIA

As aves invadem o Sesc Paraty
(19/08/2018)

As aves invadem o Sesc Paraty

Abertura de exposições: 25/08/2018 no SESC Santa Rita

A partir de 25 de agosto, sábado, o Sesc Paraty tem a honra de abrigar duas exposições com o mesmo tema, mas com riqueza de tamanhos e cores. Em correalização com a Associação Cairuçu, criadora do Festival Aves de Paraty, serão apresentadas cerca de 50 fotografias da colorida fauna das aves brasileiras nas exposições “Aves da Mata Atlântica” e “Asas do Pantanal”. 
 
A presente ação cultural - as exposições “Aves da Mata Atlântica”, fotografias de João Quental, e “Asas do Pantanal”, coletiva dos fotógrafos Haroldo Palo Jr., Luciana Tancredo e Ricardo Martins - que acontecem de 25 de agosto a 16 de setembro, organizadas pelo Sesc Paraty e EESP Sesc Pantanal, são um convite à contemplação. 
 
Paraty representa muito bem essa riqueza da região da Costa Verde e sua importância para conservação da biodiversidade. Nessa região estudos apontam para a ocorrência de pelo menos 477 espécies de aves, entre as quais 116 são endêmicas da Mata Atlântica. A presença de uma parte significativa dos diferentes ecossistemas que compõem a Mata Atlântica, incluindo não apenas florestas, mas também restingas e manguezais, oferece aos fotógrafos grandes oportunidades de observação e captação desse instante fugaz entre um voo e outro.
No dia 26 de agosto, domingo, às 18h, o público terá a oportunidade conhecer o trabalho de João Quental na palestra "Fotografando Aves da Mata Atlântica", onde fotógrafo João Quental irá mostrar algumas imagens das incríveis espécies que existem nesse bioma, mostrando suas peculiaridades e discutindo técnicas e formas de aproximação que permitem o registro dessas aves.
  
 
Sobre as exposições
A exposição “Aves da Mata Atlântica” é formada por um grupo de 20 fotografias de João Quental. Ele é um dos mais conhecidos fotógrafos de aves do Brasil. Possui aproximadamente 1500 espécies fotografadas, e suas imagens ilustram livros e publicações variadas, tanto brasileiras quanto no exterior. Ministra workshops na Amazônia e na Mata Atlântica, onde ensina técnicas e abordagens para registrar aves em ambientes onde, geralmente, é difícil até mesmo visualizá-las. Também é autor do livro "Flores do Jardim Botânico do Rio de Janeiro" e o guia "Aves do Rio de Janeiro", e ensina fotografia de natureza na Associação dos Amigos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (AAJB-RJ). Recentemente, ampliou seu foco de atuação, fotografando aves tanto em outros países da América do Sul, quanto na Índia e na África.
 
A exposição “Asas do Pantanal” foi organizada pela EESP Sesc Pantanal, polo socioambiental do Sesc em Mato Grosso, que atua há mais de 20 anos pela conservação da biodiversidade, educação ambiental, turismo sustentável e ação social. A instituição tem como sua principal unidade de atuação a Reserva Particular de Patrimônio Natural - RPPN Sesc Pantanal -, maior área de conservação particular do Brasil, com cerca de 108 mil hectares. Uma das principais frentes de trabalho da RPPN Sesc Pantanal é a pesquisa científica e, sendo o Pantanal um dos biomas de maior abundância de espécies da avifauna do Brasil, há importantes contribuições na conservação das aves e na produção de conhecimento nesta área. 
 
Uma contribuição importante são os estudos realizados com a Arara-azul (Anodorhynchus hyacinthinus), um dos animais-símbolos do Pantanal. Na época da implantação da RPPN, por volta de 1998, foram realizados vários inventários da fauna e constatou-se uma baixa ocorrência dessa espécie, sendo iniciado então um estudo de longa duração com o objetivo de diagnosticar as causas da baixa ocorrência e estabelecer estratégias para melhoria deste quadro na região. Após quase 12 anos de trabalho com monitoramento dos ninhos e aumento da disponibilidade de recursos alimentares à Arara-azul, foi constatada a presença de cerca de 450 indivíduos da espécie na área da RPPN.
 
Serviço:
Exposições “Aves da Mata Atlântica”, fotografias de João Quental, e “Asas do Pantanal”, coletiva dos fotógrafos Haroldo Palo Jr., Luciana Tancredo e Ricardo Martins, de 25 de agosto a 16 de setembro, na Unidade Sesc Santa Rita, Rua Dona Geralda, 15, Centro Histórico.

Palestra "Fotografando Aves da Mata Atlântica", o fotógrafo João Quental irá mostrar algumas imagens das incríveis espécies que existem nesse bioma, mostrando suas peculiaridades e discutindo técnicas e formas de aproximação que permitem o registro dessas aves. Dia 26 de agosto (domingo), às 18h, na Unidade Sesc Santa Rita, Rua Dona Geralda, 15, Centro Histórico.
Capacidade de 60 lugares com distribuição de senhas uma hora antes do evento.
 
Mais informações pelos números dos telefones:
(24) 3371-4516 / 3371-8415
Todas as atividades são gratuitas.
<< Voltar


Termos mais procurados

Copyright © 1996 - Paraty Turismo e Ecologia Criação do site: PWI WebStudio